quinta-feira, 21 de junho de 2018

NAZARÉ - PORTUGAL

     Nazaré é internacionalmente conhecida  no surf  e como cidade turística. 


Qual a localização? 1:26 h de Lisboa, 45 minutos de Fátima, 30 minutos de Leiria. Região de Estremadura e Ribatejo.


     Antiga vila de pescadores, Nazaré hoje é um movimentado local de veraneio.


       O Nome de Nazaré vem de uma estátua da Virgem Maria levada a cidade.


       Pode-se dividir Nazaré em 3 sub-regiões: Praia, Sítio e Pederneira.

                                                             SÍTIO

     Região que fica no alto da montanha,  onde a história da cidade começou (segundo a lenda foi lá que a imagem de Nossa Senhora de Nazaré apareceu).


    O acesso ao Sítio pode acontecer por carro, a pé ou através de um bondinho.


      Atrações turísticas no Sítio:

      Ermida da Memória ou Capela da Memória .


      Santuário da Nossa Senhora da Nazaré.


     Miradouro do Suberco.


     Forte de São Miguel Arcanjo.


     O Farol da Nazaré, encontrado no forte, data de 1903 e auxilia na navegação.


     Praia do Norte.

   
       Um dos motivos que ocasionam  ondas gigantescas na praia do Norte é a existência de um canhão submarino  (vale de grandes dimensões) formado nas fases de abertura do Atlântico  entre 270 a 305 milhões de anos.



    Foi em Nazaré o registro da maior onda já surfada (30 metros).







   No forte encontramos o relato de vários surfistas e suas pranchas.




Esta estátua foi baseada numa lenda: D. Fuas estava caçando um veado e quando sentiu o perigo de cair num precipício rezou a virgem Nazaré, que estancou o seu cavalo à beira do abismo.




                                                      PEDERNEIRA



 Até 1912 a cidade de Nazaré se chamava Pederneira. Foi nesta região o início de seu desenvolvimento. Lá encontramos a igreja Matriz.




                                                PRAIA DE NAZARÉ


 Descendo da Pederneira até a praia encontramos várias ruelas onde observamos a arquitetura local.



     Como não podia faltar, a quem visita Portugal, um ótimo lugar para se provar a ginja (lícor de cereja).